*

*
*

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

DWikiLeaks / umbo, uma das (muitas) ferramentas da CIA

Dumbo, uma das (muitas) ferramentas da CIA


por WikiLeaks
Hoje, 03/Agosto/2017, a WikiLeaks publica documentos do projecto Dumbo, da CIA. O Dumbo é uma ferramenta com capacidade para suspender processos que utilizam webcams e corromper quaisquer registos de vídeo que pudessem comprometer uma instalação PAG (Physical Acesse Group). O PAG é um ramo especial dentro do Center for Cyber Intelligence (CCI); sua tarefa é obter e explorar acesso físico a computadores alvo no campo de operações da CIA.

O Dumbo pode identificar, controlar e manipular sistemas de monitoração e detecção num computador alvo com sistema operativo Microsoft Windows. Ele identifica dispositivos instalados como webcams e microfones, tanto localmente ou por dispositivos sem fios conectados (Bluetooth, WiFi) ou redes cabladas. Todos os processos relativos aos dispositivos detectados (habitualmente registo, monitoração ou detecção de fluxos de vídeo/áudio/redes) são também identificados e podem ser travados pelo operador. Ao deletar ou manipular registos o operador é ajudado ao criar evidências falsas ou destruir evidências reais da operação de intrusão.

O Dumbo é corrido pelo agente em campo directamente a partir de um dispositivo USB. Ele exige privilégios de administrador para desempenhar a sua tarefa. Ele funciona no Windows 32bit XP, Windows Vista e nas versões mais novas do sistema operativo Windows. O Windows 64bit XP ou versões Windows anteriores ao XP não são suportados. 
03/Agosto/2017

Ver também outras ferramentas da CIA:
  • Imperial
  • UCL / Raytheon
  • Highrise
  • BothanSpy
  • OutlawCountry
  • Elsa
  • Brutal Kangaroo
  • Cherry Blossom
  • Pandemic
  • Athena
  • AfterMidnight
  • Archimedes
  • Scribbles
  • Weeping Angel
  • Hive
  • Grasshopper
  • Marble Framework
  • Dark Matter

    O original encontra-se em https://wikileaks.org/vault7/#Dumbo 

    Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ .
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário